PAZ ENTRE FAMILIARES

PAZ ENTRE FAMILIARES

15/06/2020 Amor e Luz 0

Alguns falam que todos devemos ter os mesmos pensamentos e valores… Nada disto!!!

O correto é aceitarmos as diferenças, é desenvolver-mos compreensão, abertura e diálogos com o outro, afinal rejeitá-los é impor modelo.

Alguém irá perguntar se isto é certo ou errado, diremos se os exemplos forem bons, o resultado será positivo, mas às vezes os exemplos são:

a) vencer a qualquer custo;

b) o dinheiro é a maior finalidade da vida;

c) mentir faz parte do cotidiano e assim vai…..

Devemos, pois, impor educação rígida? Sem opção de escolhas? Não, é outro erro.

Nós é que estamos fechados às diferenças por não tolerarmos ideias, opiniões opostas. Assim o que fazer? Diria Gasparetto: “Sejam flexíveis”, com isto suas relações irão se ampliar; deixe de querer mudar o outro – acredite, não há família ideal, há família real; sentimentos familiares fazem parte da família e da sociedade como um todo.

Procure, pois, exercitar seu jogo de cintura e abra-se a ideias e pensamentos do outro, afinal somos livres e é importante que possamos ser e sentir o que queremos.

Texto Modificado de Luís Gasparetto

CLOSE
CLOSE