JESUS E OS AMIGOS

JESUS E OS AMIGOS

16 de janeiro de 2020 Juventude 0

No auge de suas pregações, Jesus chegou a ter mais de 500 seguidores. Com o passar do tempo, esse número diminuiu para 72 e, por fim, ficou nos 12 apóstolos originais. E ainda assim um desses apóstolos o traiu.

Jesus foi amigo de todos, embora nem todos tenham sido amigos dele. Os próprios apóstolos só entenderam o real valor da amizade depois que Jesus morreu.

Ao contrário do que muitos pregam, amizade não é necessariamente uma via de mão dupla. Quem nunca se surpreendeu, ao passar por algum problema, em descobrir uma amizade com a qual não sabia que contava?Amizade é o sentimento elevado de respeitoao outro e disposição de ajudá-lo para o bem em todos os momentos. Por isso, pode-se ser amigo de uma pessoa sem que necessariamente essa pessoa seja sua amiga,assim como Jesus foi amigo de todos, mas nem todos foram amigos dele.

Hoje, as redes sociais on-line geram uma falsa sensação de amizade. Facilmente temos mais de 500 supostos amigos nos seguindo. Amigos que muitas vezes não lembramos onde nos conhecemos e, pior ainda, sendo bem honestos, não temos a menor disposição em ajudá-los. São meros conhecidos.

Os apóstolos, depois que entenderam o real valor da amizade, foram amigos não só de Jesus, mas também de todas as pessoas com as quais conviveram, incluindo seus perseguidores, já que eles transformaram suas próprias vidas em exemplos vivos de fidelidade a Cristo, levando o amor delepara todos os cantos do mundo conhecido.

O sentimento de amizade se expressa nos seguintes atos: respeito ao outro do jeito que o outro é, desculpando seus defeitos e dificuldade íntimas e alegrando-se com a sua presença; ajuda material ou espiritual para que o outro melhore naquilo que pode melhorar, levantando-o quando ele cair; alegrar-se com as conquistas do outro; respeito à escolha religiosa, opção sexual e filiação político-partidária do outro; não esperar reciprocidade. Desses atos surge o ápice de uma amizade verdadeira: a identificação dos ideais superiores, ou seja, uns ajudando os outros na elevação de si próprios.

Jovem! Jesus é o seu melhor amigo. Você pode contar com ele para o que for necessário. Seja amigo dele também. Exercite a amizade verdadeira para com todas as pessoas do seu convívio, sem esperar que os outros sejam seus amigos.Por isso Jesus disse: “Não faças aos outros o que não queres para ti mesmo!”.  Essa é a formula da verdadeira amizade. Com o tempo, você verá que as amizades no mundo real serão muito mais profundas e verdadeiras.

Vinicius Menezes