JESUS E O NATAL

JESUS E O NATAL

25/12/2019 Juventude 0

Naquela noite fria de inverno, José ajeitou Maria em uma cama improvisada de feno e palha, próxima a parede dos fundos de um humildeestábulo.

Os animais que ali pernoitavam se afastaram respeitosos, como se soubessem que em instantes ali nasceria a maior personalidade que o planeta já recebera.

Lá fora, a noite seguia calma, a brisa refrescava o ar, e um grande rastro de luz branca surgia no céu estrelado derramando-se sobre aquele estábulo como se Deus estivesse ali, em pessoa, abençoando aquele casal.

E assim, Maria de Nazaré deu à luz aquele que foi, que é e que sempre será o caminho, a verdade e a vida: Jesus Cristo.

José acomodou o bebê Jesus em uma manjedoura, na falta de condições melhores. E o mundo nunca mais foi o mesmo, porque aquele bebê, nascido em condições tão pobres, ensinaria o maior conceito de todos os tempos: o amor.

Não aquele amor de princesa de desenho animado, mas aquele amor que cuida, que compreende, que ajuda, que ensina, que estuda, que trabalha, que põe limites, que vive plenamente. Por isso, no Natal, que deve ser a celebração do nascimento de Jesus, os sentimentos nobres afloram tanto.

Jovem! Nesse Natal, deixe que o amor floresça em seu coração.  Abrace sua família, seus parentes e amigos e lhes dê o maior presente que você pode dar-lhes: um sorriso cheio de amor e gratidão.

Vinícius Menezes

CLOSE
CLOSE