RADIESTESIA E RADIÔNICA

RADIESTESIA E RADIÔNICA

11 de novembro de 2019 Amor e Luz 0

A Radiestesia é uma ciência tão antiga quanto o mundo. É usualmente definida como sendo, a sensibilidade às radiações (energias).

Os primeiros indícios que temos sobre o uso da radiestesia, foram encontrados em uma caverna a noroeste da África, conhecida como Tassali, onde um dos painéis mostra um homem aparentemente fazendo prospecção (pesquisa) da água com uma vara. Os desenhos têm pelo menos 8.000 anos.

Da mesma forma temos registros do conhecimento da radiestesia entre os egípcios, caldeus, babilônios, persas e outros.

Moisés era versado nas artes egípcias e teria encontrado água em pleno deserto após tocar uma rocha com seu bastão de madeira, e são fartas as ilustrações egípcias de sacerdotes segurando varinhas.

Aos poucos a varinha e a forquilha foram cedendo espaço para o pendulo e também ao Dualrod (instrumento para detecção de energia), devido principalmente a maior praticidade de seu manejo.

Na Radiestesia se aplicam as técnicas de Geobiologia, Geo-acupuntura, rede Hartmann, mesas radiônicas e placas radiônicas.

A Radiestesia é aplicada em: prospecções, procedimentos agrícolas, medicina, localização água no solo, localização de pessoas, minerais, objetos, animais desaparecidos, arqueologia, corrente elétrica, meteorologia e outras.

A Radiestesia é uma técnica de pesquisa e captação de energia, sendo muito usada para fazer diagnósticos de pessoas e lugares.

A Radiônica é a técnica de emissão de energia baseada em formas geométricas gravadas em placas que tem energias especificas para tratar os problemas instalados por energias contrarias, no sentido de interferir, reequilibrar padrões nocivos e desequilibradores identificados na radiestesia.

Como as energias se atraem por semelhança, nós atraímos nossa casa, empregos, relacionamentos, etc.. por semelhança, o que leva as pessoas se conscientizarem de que elas mesmas produzem situações, problemas e comecem a fazer mudança de postura.

No Feng Shui, a Radiestesia é usada para detectar a energia negativa do subsolo, (pois 10% da energia telúrica é considerada altamente negativa). Através dela, podemos constatar como sendo responsável por doenças como tuberculose, câncer, infartos, etc.., assim como um desarranjo em diversos aspectos da vida , que pode ser proveniente de: lençol freático, cruzamento de veios de água, cemitérios , materiais orgânicos em decomposição, correntes elétricas e eletromagnéticas de transformadores e torres de alta tensão, no local onde o imóvel se localiza.

Se for constatada esta energia, ela poderá ser neutralizada, através da Radiônica – energias das formas = por placas radiônicas nos lugares em que você fica. É uma ciência que pretende restabelecer um desequilibro energético, através de desenhos geométricos e aparelhos, que são emissores e ressoadores de energia. A pirâmide têm se mostrado um catalisador, amplificador e qualificador de energias positivas. Ela tem a propriedade de acumular energia cósmica e anular os efeitos nocivos das energias telúricas.

Paz e bem

Mariza Ribeiro Brito